• Demo
  • Demo


Building The Future Construir o -Futuro

O professor Jorge Sottomaior Braga, em representação da EPRAMI, assistiu, a convite da Microsoft Portugal, à primeira edição do maior evento de tecnologia portuguesa -  Building The Future.

 Este evento teve cerca de 50 oradores convidados e mais de 3000 participantes, para lá de várias empresas parceiras da Microsoft, a demonstrar os seus produtos e soluções inovadoras. A EPRAMI participou ainda remotamente com os alunos da turma Técnico de Eletrónica, Automação e Computadores que assistiram à sessão via web, juntamente com o professor Nuno Aragão.

Com apresentação de Filomena Cautela, durante este evento foram discutidas e apresentadas as diferentes tendências da tecnologia: automatização, robótica, inteligência artificial, realidade aumentada, blockchain, etc.

Neste evento as principais empresas nacionais da área, bem como diversos oradores internacionais convidados, mostraram a sua visão e partilharam recentes desenvolvimentos, para lá de darem uma visão daquilo que poderá vir a ser o futuro.

A Inteligência Artificial está a mudar a forma como se trabalha no mercado empresarial, indústria e serviços. As competências digitais são absolutamente fundamentais no profissional do futuro. 

A obtenção dessas competências passa, de acordo com Paula Panarra diretora da Microsoft Portugal, pela colaboração direta entre empresas e escolas. A diretora da Microsoft Portugal, salientou, durante a sua apresentação, a EPRAMI como um caso de colaboração com instituições de ensino modelo, no caso particular, com elevado cariz tecnológico e alta penetração na indústria.

Durante os dois dias da conferência, foi ativamente salientado que o mundo do mercado de trabalho está a mudar radicalmente. De um paradigma do saber passou-se para um paradigma do aprender em constante evolução. O profissional de hoje, técnico ou não, deverá ter as competências necessárias para trabalhar com sistemas com inteligência artificial e toda uma miríade de tecnologias de informação que estão ainda em desenvolvimento. 

A realidade aumentada está já a entrar na indústria, no chamado chão de fábrica, e o profissional da manutenção irá decerto, num futuro próximo, trabalhar com realidade aumentada em sistemas como o Microsoft HoloLens.

O Ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social José António Vieira da Silva, salientou, durante a sua intervenção final, a importância da reconversão e da aprendizagem ao longo da vida. Referiu que existem 250.000 pessoas inscritas para o programa Qualifica e que as competências necessárias para o trabalhador do futuro passam, naturalmente, por elevadas competências técnicas no domínio das tecnologias da informação.

Redes Sociais